A Rainha de Copas

A Rainha de Copas é uma figura presente nos arcanos menores do Tarot.

Pertence ao elemento água, ou seja, está associada às emoções, ao mundo da intuição, ao romantismo, à nostalgia e à receptividade.

Geralmente é representada segurando um cálice de água. Ela não é crítica, acolhe sem julgamentos. O que a torna manipulável.

Tem uma percepção psíquica aguçadíssima. Em um jogo, pode simbolizar uma figura de terapeuta, pois ela tem uma abertura e acolhimento ao psíquico do outro.

Mas, como é movida pela emoção, pode não ter um direcionamento na vida e ficar à mercê de seus altos e baixos emocionais.

Ela é sábia, intuitiva, solidária, romântica, benevolente, suave, terna, paciente e altruísta. Mas do lado negativo pode ser maldosa, falsa, instável e fútil.

Qual o siginificado numérico do Tarot?

A Rainha de Copas é a mais emotiva das rainhas, com uma personalidade mais introvertida. Sua natureza inocente faz com que sofra chantagens emocionais com maior frequência, acabando por criar alguns problemas, como medos infundados em sua vida.

Adora crianças, sendo ela mesma uma criança eterna em busca do amor. Ela pode aparecer como uma mulher que se adequa à imagem da anima de um homem. Pois ela representa a musa ou anima interior de um homem.

Uma personagem de contos de fadas que se assemelha à figura da Rainha de Copas é a Pequena Sereia.

A forma de sereia, meio humana e meio peixe, simboliza a capacidade de transitar do mundo das emoções, do inconsciente e da alma humana, e trazer o significado à consciência.

Mas se a Rainha de Copas não sabe trabalhar suas emoções ela pode perder a voz, como a Pequena Sereia, e aí não consegue comunicar o que é essencial e trazer as mensagens do mundo interior.

A música, a arte, a dança podem ser uma ótima forma de comunicação quando a Rainha de Copas aparece em jogo, como forma de canto da sereia.

Além disso, a Rainha de Copas pode apresentar o mesmo problema que surge no conto “A Pequena Sereia”, que é a dificuldade de lidar com suas pernas. Isso significa que ela tem dificuldade em entrar em contato com a realidade por poder se manter em um mundo de sonhos e fantasias.

No jogo de Tarot, a Rainha de Copas mostra uma abertura para as visões interiores ou pede para que a pessoa se abra às suas emoções e vida interna, tanto em relação a si quanto aos outros.

Fala de amorosidade, gentileza, receptividade e empatia. Ouvir o outro, ouvir sua intuição pode lhe servir de algo.

Também pode estar sinalizando um conteúdo emocional que está prestes a irromper na consciência, mas ainda não tem forças ou ainda não está sendo compreendido de forma racional.

Alerta para o cuidado em não se perder em devaneios fantasiosos, fazendo com que a pessoa esqueça sua vida material. Além de alertar sobre o cuidado em não se deixar manipular.

De qualquer forma, a Rainha de Copas traz a riqueza de nosso mundo interno. Ela diz que lá existem muitos tesouros a serem explorados, e que muitas vezes precisamos deixar nossa racionalidade e críticas de lado, pois elas atrapalham nossas relações com os outros e conosco mesmo.


Leia também: Diferenças e semelhanças entre Arcanos Mariores e Menores