Ano novo, vida nova

Início de ano é sempre igual, todo mundo querendo mudar de vida, querendo alcançar novos objetivos, querendo realizar sonhos. Todos os problemas parecem desaparecer com o ano que passou, todos sempre prontos a recomeçar, fazer diferente, então, o ano começa e vem a conta de que aquele segundinho que levou o ano velho e trouxe o ano novo, não levou junto com ele seus problemas, medos e frustrações.

A questão é que nada muda se você não mudar, parece uma frase pronta e é muito bonita, mas para muitos só funciona na teoria.

O grande problema é que muitas pessoas esperam que a mudança aconteça como mágica, espera-se sempre do outro, mas a mudança tem que acontecer dentro.  É a forma de enxergar o mundo que me faz vê-lo mais bonito, ou vou passar a vida inteira esperando que o mundo mude para que eu possa enxergar a beleza de uma flor? Jogue fora conceitos, crenças, status e simplesmente se jogue na vida, sem medo, sem vergonha, arrisque, viva e não apenas passe pela vida, viver é muito mais do que estar vivo, estar vivo é nada mais do que ter um corpo físico, um corpo que perece, que tem prazo de validade, que em qualquer momento, puff, se vai, compreenda que você é espírito e espírito é eterno e, se os seu problemas, medos e angústias não se resolverem aqui, eles estarão com você aonde quer que você esteja.

Não perca seu tempo com rancor, com inveja, com raiva, o poder está dento de você, corte da sua vida tudo o que lhe faz mal e isso inclui pessoas, desapegue se quiser que esse seja um ano realmente novo.

Mude, mude pensamentos, mude a forma de olhar, mude hábitos, viva como quer viver e não como o outro quer que você viva, isso causa doenças. Aprenda a falar e a ouvir não, na cultura ocidental o "não” soa como uma ofensa, como se o fato de eu negar alguma coisa para alguém me fizesse menos gentil, menos simpático, menos caridoso. Liberte- se.

Se pergunte quem você é e se surpreenda. Seja a mudança que você tanto quer.

Aline Carnicelli

Você pode gostar