Ayurveda: o efeito dos sabores sobre o corpo

A Ayuverda é um sistema de saúde que nos propõe cuidar do corpo, da mente e da alma ao mesmo tempo. Além disso, um dos seus princípios é aliar a harmonia que existe em nós com todos os outros seres vivos e o planeta em geral. E, claro, com isso chegamos à fonte da nossa alimentação que nosso planeta Terra nos fornece, e que é um poderoso aliado na cura natural proposta pela Ayuverda. 

Rasa, em sânscrito, significa sabor, e apesar de ser só uma palavra, ela abrange muitos significados. Ela pode ser um indicador da essência dos alimentos e do que os alimenta, mas também é fonte de energia e responsável por liberar emoções e sentimentos dentro de nós. Acontece que a Ayuverda caracterizou todos os alimentos em 6 rasas (sabores) diferentes, e cada um deles apresenta propriedades e efeitos terapêuticos diferentes quando consumidos. Descubra um pouquinho sobre eles agora: 

Doce 

Esse sabor é encontrado em grãos, massas, pães laticínios, carnes brancas e vermehas, açúcar, mel, e em carboidratos, proteínas e gorduras em geral. Ligado aos elementos terra e água, quando consumido ele ajuda a construir, nutrir e fortalecer os tecidos do corpo, além de proporcionar satisfação e tranquilidade. Quando consumido em excesso, nos deixa ansiosos, letárgicos e com doenças relacionadas provocadas pelo excesso de gordura, como obesidade e diabetes. 

Ayurveda e Astrologia: a relação dos doshas com os signos

Salgado 

Ligado aos elementos água e fogo, esse sabor pode ser encontrado no sal de mesa, shoyu, carnes em geral e algas marinhas. Quando consumido, ele ajuda a lubrificar e suavizar os tecidos do corpo, além de aumentar o apetite, entusiasmo, e reduzir a ansiedade. Quando consumido em excesso pode colaborar para a calvície, sede, fraqueza, aparição de rugas, aumento do estresse, impaciência e letargia. 

Ácido 

Quando esse sabor é usado, ele ajuda a estimular o apetite e digestão, fortalece o sistema cardíaco, alivia a sede e aumenta a sensação de saciedade, sem contar que colabora para o desenvolvimento do sistema cognitivo. Em excesso, provoca fraqueza, estresse, febre, sede e sentimentos negativos como raiva, inveja, etc. Ligado à terra e fogo, você pode encontrar esse rasa em frutas cítricas, cerejas, tomates, alimentos em conserva, molhos de salada, iogurte e álcool. 

Picante 

Ligado ao fogo e ar, esse sabor ajuda a aquecer o corpo, melhora o metabolismo, auxilia no alívio de dores nervosas e é ótimo para abrir a mente. Em excesso, provoca sede, compromete os fluidos reprodutivos, causa fraqueza, dores na região lombar e gera sentimentos negativos como raiva e irritabilidade. É possível encontrá-lo em pimentas, pimentões, cebolas, alho, cravo-da-índia, gengibre, mostarda e salsa. 

Você sabe qual é o seu dosha?

Adstringente 

Encontrado no brócolis, maçãs verdes, peras, uva, couve-flor, repolho, româ, chás e grãos como lentilhas e feijões, esse sabor, ligado à terra e ao ar, purifica o sangue, harmoniza os níveis de açúcares no sangue, seca a gordura, acalma, limpa a mente e diminui a letargia. Em excesso, causa gases, constipação, dores no peito, sede, nervoso, medo e insônia. 

Amargo 

Ligado ao elemento ar e ao éter, esse sabor auxilia na desintoxicação do organismo, alivia a sede, clareia a mente, diminui a febre e atua como antibiótico, além de ser um grande aliado no controle da fome. Quando consumido em excesso, provoca gases, azia, medo e insônia. É possível encontrá-lo em legumes e vegetais, verdes ou amarelos, como couves, aipo, brócolis e beterrabas. 

Esse é só um guia básico de como os 6 rasas podem auxiliar no seu bem-estar tanto físico quanto mental. É importante lembrar que devemos ter uma alimentação equilibrada e comer alimentos de todos os 6 sabores aqui mencionados. Além disso, segundo a Ayuverda, cada um de nós apresenta uma compatibilidade maior para determinados tipos de rasa, levando em consideração os nossos doshas, por isso, não deixe de saber quais são os seus!