Carma ou Karma? - O que isso significa e como superá-lo

Aprendemos desde cedo que tudo o que a gente faz gera uma consequência, sendo que ela pode ser boa ou ruim. Isso acontece, principalmente, porque as nossas ações, pequenas ou grandes, acabam influenciando a vida de outras pessoas. Esse ciclo, embora algumas vezes possa demorar para ser finalizado e para retornar ao seu ponto de origem, nunca muda!

Nesse cenário, "karma" é uma palavra essencial e que não pode deixar de ser lembrada. É ele, afinal de contas, o responsável por garantir que todas as pessoas assumam responsabilidade por aquilo que fizeram.

Contudo existe uma confusão muito grande acerca do karma, porque muitos acreditam que essa palavra possui conotação negativa e diz respeito apenas a ações ruins, o que não é verdade. Para entender exatamente o que é e como o karma afeta as nossas vidas, o Horóscopo Virtual te explica tudo sobre essa palavra tão curta, entretanto tão poderosa. Confira!

O que é karma?

A lei da ação e reação é muito famosa na física, por isso é aplicada em diversos exercícios dessa área. Entretanto é possível também empregar esse conceito em nossas próprias vidas.

De maneira muito simples, sabemos que tudo o que fazemos gera consequências que podem afetar não somente nós mesmos, mas também outras pessoas. O problema é que muitos acreditam que a palavra “consequência” possui sentido negativo, o que não é verdade!

O mesmo acontece com o termo “karma”, que pode facilmente substituir a palavra citada acima, porém ele se baseia em um conceito muito simples: quando fazemos o bem, receberemos bons resultados em nossa vida, mas se fizermos o mal devemos estar preparados para lidar com as dificuldades que serão geradas por essa ação.

Sendo assim, o karma é simplesmente uma reação, que pode ser tanto positiva quanto negativa. Tudo depende de você!

7 truques para a lei da atração

Significado de karma

"Karma" é uma palavra proveniente do sânscrito, que, na época, era a língua falada em diversos países, inclusive na Índia. Diferentemente do que muitas pessoas acreditam, ela não possui uma conotação de “castigo”, mas de “reação”.

Sabendo disso e tendo a explicação acima em mente, é possível entender que karma significa, portanto, todos os resultados provenientes de uma ação, que podem ser bons ou ruins. Essa palavra, contudo, pode ser encontrada em diversas religiões. Assim, embora sua noção geral sempre seja a mesma, é possível encontrar certas diferenças de significado entre as doutrinas.

No hinduísmo, por exemplo, esse conceito de “ação e reação” é bastante utilizado. Entretanto é importante lembrar que nem sempre essas consequências são apresentadas em nossa vida atual. Pode ser que as levemos para outras vidas ou reencarnações.

De acordo com o budismo, o karma possui ligação não exatamente com as nossas ações, mas com as nossas intenções. Essa atividade, contudo, também leva à ocorrência de reencarnações. Nesse sentido, essa doutrina procura nos libertar desse ciclo.

Por fim, o espiritismo não usa exatamente o termo karma, mas a ideia de ação e reação está bastante presente em todos os seus ensinamentos. Ou seja, se você fizer o mal, deverá estar preparado para recebê-lo de volta.

Qual o primeiro passo para você começar a meditar?

As leis do karma

Para entender exatamente como o karma pode influenciar em nossas vidas, é preciso conhecer e compreender as suas leis, que são 12. Confira:

1. A Grande Lei: diz respeito ao conceito básico e geral de que colhemos aquilo que plantamos;

2. Lei da Criação: você provavelmente já ouviu falar que o universo nos dá aquilo que pedimos, certo? Isso faz parte dessa lei, que afirma que nós fazemos parte do mundo e, por isso, estamos conectados a ele;

3. Lei da Humildade: devemos tomar cuidado com os nossos pensamentos e com a nossa forma de ver a humanidade, afinal isso influencia diretamente em nossa vida. Se queremos coisas boas em nosso caminho, devemos escolher um estilo de vida positivo;

4. Lei do Crescimento: é preciso entender que, para evoluirmos e crescermos, devemos nos esforçar para mudar, afinal de contas o mundo não vai se adequar aos nossos desejos; nós é que temos que nos esforçar para nos encaixarmos ao universo;

5. Lei da Responsabilidade: o universo funciona como um espelho. Isso quer dizer que ele reflete aquilo que somos e sentimos. Sendo assim, se você está passando por situações ruins, deve assumir responsabilidade pelos seus atos e, assim, reverter a sua condição;

6. Lei da Conexão: tudo no mundo está conectado, inclusive o passado, o presente e o futuro. Entender isso nos faz compreender melhor tudo aquilo pelo qual passamos, além de nos ajudar a repensar os nossos atos, que influenciarão em nosso futuro;

7. Lei do Foco: ao ser positivo e focar apenas em energias boas, tudo aquilo que é ruim e negativo não será capaz de te atingir;

8. Lei da Doação: nunca esconda o seu conhecimento. Tudo o que aprendemos possui um significado e é importante, por isso devemos utilizar a nossa sabedoria;

9. Lei do Aqui e Agora: pensar no passado nunca nos traz nada de bom. Por isso foque sempre no presente;

10. Lei da Mudança: até que você compreenda as lições do universo e mude o seu pensamento, é possível que diversas situações ruins e iguais aconteçam em sua vida;

11. Lei da Paciência e da Recompensa: os frutos de todo o seu esforço estão te esperando. Para colher essa recompensa, contudo, é importante ter paciência, esperar o momento certo e não apressar as coisas;

12. Lei da Importância e da Inspiração: o que recebemos do universo é compatível com o nosso desempenho dentro dele. Se queremos algo valioso e de grande importância, portanto, devemos agir de forma bastante dedicada.

Carma ou Karma?

Agora que já entendemos o que é e como o karma influencia nossa vida, é hora de sanar uma última dúvida: qual é, afinal, a grafia correta dessa palavra? Carma ou karma?

Para compreendermos, devemos saber qual é a origem desse termo. Derivado do vocábulo “karman”, em sânscrito, a palavra foi adaptada a diversos idiomas ao redor do mundo. No Brasil, o ajuste trouxe a letra “C” e excluiu a “K”. Nos dicionários, portanto, é possível encontrar a palavra “carma”.

Entretanto a grafia com K não é considerada errada e também pode ser utilizada sem nenhum tipo de problema!


Leia também: A diferença entre Karma e Destino

Equipe Horóscopo Virtual