Cúspide: o nascimento na transição dos signos

Você nasceu em um certo dia do mês e, segundo os cálculos, você pertence a um determinado signo do Zodíaco e, por essa razão, vai ter as características absolutas desse signo, correto? Não exatamente. Além de sermos uma soma de todos os elementos do nosso mapa natal – entre eles o Ascendente, Descendente, Lua e outros fatores –, há algumas pessoas que, a depender da sua data de nascimento, carregam características do signo solar anterior ou posterior àquele sob o qual nasceu. Essa é a característica de quem nasce “na cúspide”.

O que é a cúspide

A cúspide é como uma linha fronteiriça entre dois signos. É a entrada das Casas do Zodíaco. Em outras palavras: é o momento em que um signo está mudando para outro. Isso se deve ao fato de que o Sol não entra exatamente em um signo a partir da primeira hora do dia correspondente a este. É por essa razão que é tão importante saber a hora exata em que você nasceu, para fazer o mapa astral com bastante acurácia.

Como consequência disso, a pessoa que nasce na borda dessa linha mistura as energias dos dois signos, como se fosse uma espécie de nativo híbrido, já que as características do signo adjacente se somam às do seu propriamente. Mas calma: se você nasceu na cúspide, não, você não tem dois signos. Você apenas sofre uma influência dupla. Isso pode explicar muita coisa e só confirma que, mesmo com propriedades comuns, essas pequenas diferenças vão evidenciando cada vez mais as individualidades de uma pessoa.

Quem são os nascidos na cúspide

As pessoas que nascem na cúspide vieram ao mundo em certas datas. Para saber com precisão, é necessário fazer os cálculos no mapa astral, para saber a hora em que elas nasceram e verificar em que casa o Sol estava nesse momento. A seguir, confira as características dos chamados nativos híbridos.

Peixe-Áries – 21/03 – Cúspide do Renascimento

Elementos: Água e Fogo

Mulher branca sentada no meio da floresta.

Esses nativos reúnem a praticidade e a sensibilidade. São sonhadores, porém diretos e francos. Sua sensibilidade se mistura a um certo pragmatismo, o que pode fazer com que eles sejam vistos como pessoas complexas e por isso incompreendidas.

Na questão profissional, são ótimos para liderar e impulsionar sua equipe, graças a um entusiasmo alinhado a uma grande compaixão. São impacientes e inovadores, trabalham arduamente para colocar suas ideias em prática e gostam de finalizar todas as tarefas que lhes são incumbidas. Obstinação e dedicação fazem desse nativo um profissional muito útil para as empresas.

No âmbito pessoal, esse nativo é um amigo excelente e consegue trazer palavras de conforto e firmeza para aqueles que ama. Consegue tirar lições até mesmo com os erros dos outros, e ainda consegue levar esse ensinamento para as pessoas. No amor, não se mostra muito afetuoso, mas é dedicado e fiel. Para ele, os relacionamentos são duradouros.

Aqui temos dois elementos: Fogo e Água. Parece até que daí pode nascer uma personalidade conflitante, mas os elementos conseguem se harmonizar – o ímpeto e a energia de Áries ajudam Peixes a realizarem seus sonhos. Já a calmaria de Peixes consegue estancar a impulsividade ariana. Esse nativo é menos esbaforido, pois pensa mais antes de agir.

Áries-Touro – 21/04 – Cúspide do Poder

Elementos: Fogo e Terra

Homem asiático com expressão determinada.

Esse nativo não passa despercebido de jeito nenhum. É audacioso e autoritário, um líder incontestável, que domina em casa e no trabalho. O lado impulsivo de Áries se une ao lado prático e esforçado de Touro, criando um nativo resistente e cheio de vigor.

No trabalho, é um profissional com plena capacidade para alcançar êxito rapidamente. É estratégico e determinado, capaz de vencer obstáculos com facilidade, graças à persistência taurina em conciliação com o ímpeto ariano. A competitividade e o alto poder de análise são a chave do seu sucesso.

No lado pessoal, pode soar um pouco egoísta, preferindo cuidar de si mesmo ou, no máximo, de sua família. Tem uma certa propensão a ser arrojado, tendendo um pouco para a agressividade, o que o leva a ter a mania de atropelar os outros, seja na hora de falar, seja na hora de agir. Os nativos dessa cúspide têm opinião pra tudo, são divertidos, confiáveis e não gostam de enrolação.

Nos relacionamentos, eles são sinceros: se tiverem que priorizar outras áreas em sua vida, eles serão claros e objetivos. É preciso saber lidar com isso.

Os elementos terra e fogo misturam a estabilidade e a teimosia taurinas com a iniciativa e a impaciência arianas. Resultado: osso duro de roer. Quando quer alguma coisa, esse nativo não mede esforços e se joga de cabeça.

Touro-Gêmeos – 21/05 – Cúspide da Energia

Elementos: Terra e Ar

Mulher branca segurando livro.

Dinamismo e energia, esses nativos vivem atentos a tudo que está ao seu redor. Tudo para eles é estímulo. São joviais e carismáticos, e se dão bem com todo tipo de gente. Têm grande habilidade de reunir várias pessoas a sua volta, graças a sua sociabilidade e magnetismo.

No trabalho, são extremamente versáteis e multitarefas. Sua inteligência é de espantar. Têm uma grande disposição para o trabalho e uma enorme capacidade de decupar ideias complexas para que elas se tornem de fácil entendimento para os outros. Não à toa, são bem-sucedidos em reuniões e defesas de projetos. Mas podem se estressar com maior facilidade que os demais nativos, pois sua necessidade por fazer várias coisas ao mesmo tempo pode sugar suas energias e causar esgotamento físico e emocional.

São gentis e tolerantes, mas podem zangar-se com facilidade. São amigos e companheiros leais, generosos e divertidos. São bastante expressivos, charmosos e enérgicos. Se sentem alguma coisa, não se privam de contar de forma clara e direta. Quando estão chateados, também não sabem disfarçar. Mas a boa notícia é que sua habilidade de perdoar é gigantesca.

A relação conflitante entre os elementos Terra e Ar traz um nativo cheio de característica e sentimentos múltiplos, uma verdadeira bagunça de energias e paradoxos. A inquietude geminiana pode entrar em confronto com a teimosia e a comodidade taurinas, o que pode gerar uma verdadeira crise existencial nesse nativo.

Gêmeos-Câncer – 21/06 – Cúspide da Magia

Ar e Água

Homem asiático com expressão sorridente.

Essa combinação traz pessoas fascinantes. São agradáveis e carismáticas. Todo mundo gosta de estar perto delas, pois elas fazem o dia de qualquer um valer a pena. Sua vida é regada a estímulos, gratidão e boas energias. Querem fazer do mundo um lugar melhor, mais iluminado. Mas claramente nem tudo são flores, o jeito doce e atraente pode esbarrar às vezes em uma aparente frieza, que na verdade está mais para superficialidade.

São dotados de docilidade, inspiram todos a seu redor. No ambiente de trabalho, são responsáveis por trazer motivação e frescor à equipe. São persuasivos, prestativos e gostam de tocar a emoção dos outros. Praticamente não se abalam pela negatividade. Adoram trabalhar em equipe, mas também se saem muito bem em home office, pois o lar para eles é um refúgio.

Seu romantismo e afetuosidade os tornam pessoas incríveis para se ter em um relacionamento. Gostam da sensação de estar em uma família, são devotados e sensíveis. Mas adoram paquerar, embora só assumam a relação quando encontram a pessoa ideal. Por serem muito apegados aos sentimentos, tendem fortemente a ser carentes e instáveis.

Os elementos Ar e Água podem trazer indivíduos muito emotivos, carentes e imaturos. A infantilidade do canceriano pode ser aliar à inquietude geminiana, resultando em uma pessoa mimada e inconveniente, ou mesmo apegada e depressiva.

Câncer-Leão – 22/07 – Cúspide da Oscilação

Água e Fogo

Mulher branca de cabelos longos e loiros no meio de grama alta.

Esses nativos são voláteis. Com eles, é tudo ou nada. Ou não. Juntando a sensibilidade canceriana com a dramaticidade leonina, temos uma pessoa volúvel, que uma hora pode ser introspectiva e, cinco minutos depois, se mostra completamente extrovertida.

Na área profissional, sabe o caminho certo para ganhar dinheiro e consegue cuidar das finanças de maneira rígida e planejada. Luta pela independência e vê no trabalho um caminho direto para isso. Mas não é uma pessoa afoita por trabalhar. Esse nativo sabe a hora de fazer uma pausa para poder recarregar as energias.

Entenda o que as casas vazias significam no Mapa Astral

Nos relacionamentos, é amoroso e cativante. Sabe conquistar a pessoa de interesse, e se achar aquele alguém certo, sua vida tende a entrar nos eixos, encontrando o tão sonhado equilíbrio.

Terra e Fogo aqui se combinam de forma que as emoções consigam ser controladas. O lado vibrante leonino se abranda com a sensibilidade canceriana. É a robustez talhada pela passividade. O yin e o yang aqui não travam lutas homéricas.

Leão-Virgem – 23/08 – Cúspide da Exposição

Fogo e Terra

Mulher e homem brancos abraçados na parte externa de uma casa.

Um misto de exibicionismo e discrição. Pode ser aquele nativo que não alardeia propositalmente suas qualidades, mas tem um brilho tão intenso que esses atributos acabam vindo à tona sem grande esforço. É um tanto quanto misterioso, o que pode fazer dele alguém atraente e interessante, tipo um mapa do tesouro.

No trabalho, é discreto e não se vangloria de suas capacidades, mas sabe do seu valor. Com um grande senso de observação e uma ótima memória, são profissionais tranquilos, dedicados e que conseguem executar suas tarefas com facilidade e dedicação. São altamente leais e éticos.

Lealdade também é uma qualidade que ele leva para sua vida pessoal. É um bom e confiável amigo, com quem as pessoas preferem contar. Mas precisa adquirir maturidade, e até que ela venha, tende a ter dificuldades de se relacionar e expressar o que sente e pensa. Com o tempo, e conhecendo melhor as pessoas, esse nativo passa a ser menos fugaz. No amor, ele precisa ser compreendido. Também é fiel a dois e prefere os relacionamentos duradouros.

Terra e Fogo se digladiam um pouco, mas é sempre um mistério. Não se sabe quando um elemento irá se sobrepor ao outro. O que traz uma dualidade de sentimentos, pensamentos e ações. Mas, de uma forma ou de outra, esse nativo saberá encontrar o equilíbrio.

Virgem-Libra – 23/09 – Cúspide da Beleza

Terra e Ar

Mulher branca de cabelos curtos e castanhos com os olhos fechados.

Os nativos dessa cúspide tendem a construir uma idealização sobre o que é belo. A beleza é algo que os acompanha – seja interna, seja externa. Ou ambas. Têm um magnetismo óbvio, colocam sensualidade e diversão em quase tudo. São fascinados pelas formas e pela estética. São altamente sensoriais, e tudo os inspira e desperta suas emoções. O grande problema desse culto à aparência é que eles podem ser vistos como pessoas fúteis e mais preocupadas com a capa do que com o livro. Isso pode gerar muitos transtornos, ainda mais em tempos em que as redes sociais dominam as nossas emoções.

No trabalho, são pessoas positivas, éticas e cooperativas. Adoram trabalhar em grupo e formam parcerias duradouras e honestas. Como são analíticas, detalhistas e organizadas, conseguem cumprir suas obrigações sempre no prazo e com dedicação.

Nas relações pessoais, são amigos equilibrados e divertidos. No amor, procuram sempre uma pessoa que possa ser uma grande parceira de vida. Só que, se levarem muito a sério a questão da beleza, já que também procuram isso em um par, correm o risco de perder ótimas oportunidades e pessoas incríveis.

A combinação de Terra e Ar consegue proporcionar a esse nativo o melhor dos mundos.

Libra-Escorpião – 23/10 – Cúspide do Drama e da Crítica

Ar e Água

Mulher negra usando roupas coloridas e óculos, com mão levada ao rosto.

Carismáticos e cheios de personalidade. Assim são esses nativos. Também foram abençoados com uma inteligência acima da média. Não há tema sobre o qual eles não consigam versar, muitos deles até com certo domínio. Também são ponderados, apegados à família, mas também têm uma certa dose de rebeldia, graças a sua personalidade forte e marcante.

No trabalho, são altamente comprometidos, nunca deixam pendências nem procrastinam. Sua objetividade permite que concluam as tarefas com foco e sem se perderem em conversas, fofocas ou pausas constantes. São um pouco críticos, mas mais no que diz respeito aos outros. Então, podem ser chefes bastante exigentes.

Você também pode gostar:

No âmbito pessoal, são sedutores e magnéticos. Conseguem fazer amigos com facilidade e, apesar de terem um pouco do lado desconfiado do escorpiano, sabem comunicar-se com destreza. No amor, são extremamente comprometidos com os relacionamentos, sua devoção se une ao romantismo, e temos um parceiro maravilhoso, que não mede esforços para encantar seu par.

A mistura de Ar e Água traz um conflito entre razão e emoção. Em se tratando de Escorpião, essas emoções são muito profundas, uma verdadeira força da natureza. É por isso que o conflito pode lhes trazer uma certa angústia. Mas quando eles perceberem o quanto são poderosos com esses dois polos, ninguém vai pará-los.

Escorpião-Sagitário – 22/11

Água e Fogo

Mulher de braços abertos para o mar.

Nativos autônomos e cheios de energia. Gostam de liberdade e amam ser independentes. São diretos e retos, não precisam de muitas palavras para dizer o que pensam e sentem. Um misto de intuição e profundidade, de liberdade e introversão. Isso pode causar um certo conflito interno.

“Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”. Assim podemos definir uma parte da personalidade desses nativos, em especial no ambiente corporativo. São verdadeiros revolucionários, avessos a qualquer regra ou recurso de autoridade. Mas se um dia vierem a ser chefes, saberão impor suas decisões sem nenhum problema. Sua tendência a uma bipolaridade de ideias pode prejudicar um pouco no âmbito profissional.

Nas relações pessoais, são muito queridos, muito devido à sua originalidade e alto astral. São muito amigáveis, mesmo vivendo suas turbulências internas. No amor, gostam de ir atrás de sua paixão, mas também prezam a liberdade. São naturalmente atraentes e cativantes.

Os elementos Água e Fogo se digladiam sem cerimônias aqui. Com isso, nascem os conflitos interiores, os autoquestionamentos e a má administração dos atributos de cada elemento, o que pode gerar carências estruturais, pois esses nativos não conseguem extrair os pontos fortes nem de Água nem de Fogo.

Sagitário-Capricórnio – 22/12 – Cúspide da Profecia

Fogo e Terra

Mulher branca de roupas e chapéu vermelhos e mãos levadas ao colarinho.

Esse nativo já nasceu com o sucesso garantido na vida. Sua capacidade de visão, junto com a ambição, faz dele um indivíduo poderoso. É só saber dosar essas características de forma adequada. Prático e otimista, ele sabe onde mirar e tem a competência para chegar lá.

Essas qualidades, para o trabalho, são praticamente uma dádiva. É responsável, dedicado e esforçado. Junte-se a tudo isso um visionário, à frente do seu tempo. Está sempre engajado em projetos robustos e que tenham capacidade de gerar grandes transformações. Ele também tem a habilidade de inspirar os outros com sua força interior. Mas não tende a simpatizar com pessoas que não colaboram.

Nas relações afetivas, ele é amistoso, extrovertido e leal. Dotado de um bom senso de humor, consegue ser admirado por quem está a seu redor. Mas também não faz média com ninguém. No amor, precisa de uma pessoa parceira, que se doe dentro do relacionamento. Precisa abrir mais o coração e falar sobre o que sente.

Os elementos Fogo e Terra conseguem se combinar de uma forma harmoniosa, unindo o lado visionário e contemplativo de Aquário ao pragmatismo de Capricórnio. Mas, em algum momento, pode ser que essa mistura desande, gerando conflitos e carecendo de equilíbrio.

Capricórnio-Aquário – 21/01 – Cúspide do Mistério e da Imaginação

Terra e Ar

Mulher branca de cabelos ruivos e expressão divertida.

Conservadorismo e praticidade convivendo com a imprevisibilidade. Esses são os nativos desta cúspide. E o mais curioso é que se trata de capricornianos inclinados a um mundo de fantasia e ludicidade. Que gostam de contar piadas e não se sentem maduros demais, o que é comum do signo no seu posicionamento clássico.

Mas uma coisa eles mantêm: a confiabilidade. No trabalho, isso é imprescindível. Eles também gostam de se sentir desafiados – essa é sua força motriz no ambiente corporativo. São esforçados e trabalhadores, porém não lidam bem com críticas.

Nas relações pessoais, precisam ser um pouco mais empáticos com as pessoas de uma maneira pessoal, mas são bons amigos. Apesar de não serem muito solidários às individualidades de cada um, têm uma grande preocupação com o coletivo. No amor, eles apresentam uma certa dificuldade de lidar com os sentimentos, mas gostam de relações duradouras e buscam parceiros dignos de sua confiança e trabalhadores, assim como eles são.

A combinação dos elementos Terra e Ar traz uma necessidade de entendimento: mesmo convivendo em aparente “bandeira branca”, a natureza conflitiva dessa combinação é evidente, mas esse nativo está sempre em busca do equilíbrio, pois as características de cada signo são bem definidas no seu perfil.

Aquário-Peixes – 20/02 – Cúspide da Sensibilidade

Ar e Água

Mulher branca deitada de bruços numa cama branca.

Capazes de transitar entre os dois signos, ou mesmo se posicionar no meio do caminho, esses nativos conseguem mostrar seu lado solidário e inovador simultaneamente com a sensibilidade e compaixão. Sua preocupação com o outro se dá tanto na esfera individual como na coletiva.

Precisam superar limitações no lado objetivo e racional para lidar com as questões profissionais. Mas a sensibilidade no ambiente corporativo pode ser um diferencial, pois pessoas com essa habilidade tendem a humanizar os locais onde trabalham.

No âmbito pessoal, tendem a deixar as emoções se mostrarem mais livremente. São admirados por quem convive com eles, pois são simpáticos, atenciosos e meigos. Ao mesmo tempo, são animados e boas companhias. Só precisam se preocupar com a facilidade com que se magoam e se melindram com certas situações, em especial as críticas. Quem se relaciona com esses nativos precisa ter em mente que eles são esquecidos por natureza, então não adianta se irritar com um atraso ou distração. Eles são assim mesmo. No amor, eles são um misto de fofura e originalidade. Mas é preciso tomar cuidado para não magoar os sentimentos deles, pois tendem a sofrer (o lado pisciano) e se afastar (o lado aquariano).

Equilibrar Ar e Água não é uma tarefa fácil. Ou é 8, ou 80. É o impessoal brigando com o pessoal. Objetividade versus subjetividade. É uma briga praticamente eterna, pois são exatamente dois lados de uma mesma moeda, são opostos exatos. Mas é possível tirar o melhor de cada mundo.

 

Como pudemos perceber, a natureza das cúspides tende a ser conflitante para todos os signos. Alguns sabem extrair o melhor de cada polo, ao passo que outros travam verdadeiras batalhas internas, potencializando as vertentes menos positivas. Mas com autoconhecimento, aceitação e paciência, é possível chegar a um equilíbrio. Bastam tempo e dedicação para amadurecer.