Dia Mundial da Paz

Comemorações marcam o dia 1º de janeiro de todos os anos. Isso porque essa data representa o início de um novo ano e de um novo ciclo na vida não somente das pessoas como indivíduos, mas também da sociedade em geral.

Esse rito de passagem permite que a gente desapegue de tudo aquilo que é ruim e negativo para, assim, enxergar o futuro com olhos positivos e esperançosos. É por esse motivo, então, que as “resoluções de Ano Novo” se tornaram tão popular: nesse momento do ano, todos se sentem livres e poderosos. Assim, a sensação é de que podem e vão fazer tudo aquilo que possuem como meta!

Nesse cenário de celebrações e tradições muito antigas e populares, é normal que as pessoas acabem se esquecendo de algo bastante importante para a sociedade: o Dia Mundial da Paz. Contudo, essa data, que também é comemorada no primeiro dia de todos os anos, merece receber maior atenção, afinal combina perfeitamente com esse momento de renovações de espíritos e energias que necessita de maior calmaria e leveza.

Saiba como não deixar que tirem sua paz 

Com isso em mente, o Horóscopo Virtual criou um artigo que, além de proporcionar a você um conhecimento sobre a história e a origem dessa data comemorativa, explica o poder desse sentimento tão especial que é a paz. Confira!

Por que a paz é importante?

Antes de sabermos mais sobre a história do Dia Mundial da Paz, precisamos entender um pouquinho mais sobre esse sentimento e estado de espírito.

Definida por muitos como a ausência de problemas e a presença de calma e tranquilidade, a paz pode possuir conotações pessoal e coletiva.

Enquanto no primeiro caso nos referimos à vida de um indivíduo específico, que está isento de todo e qualquer sentimento negativo, o segundo diz respeito à sociedade como um todo. Sendo assim, relaciona-se não somente com a ausência de guerra e outros conflitos, mas também à eliminação de todo e qualquer tipo de violência. Nesse caso, a ONU e outras organizações são responsáveis por atingir esse estado de espírito.

É importante ter em mente, contudo, que, embora a paz individual possa ser conquistada de maneira independente, a paz coletiva possui ligação direta com aquela que é pessoal. Ou seja, para que ela exista, é necessário que absolutamente todos os indivíduos alcancem esse patamar.

O Dia Mundial da Paz

Também conhecida pelo nome de Dia da Confraternização Universal, essa data surgiu em 1968 e foi criada pelo Papa João VI.

Na época, a sociedade ainda estava muito abalada por conta da Segunda Guerra Mundial. Além disso, a famosa Guerra Fria entre os EUA e a URSS mais a ameaça de um novo conflito bélico eram problemas que pairavam na mente de todas as pessoas.

Por isso, o Papa em questão decidiu que as pessoas precisavam de um incentivo para que a paz sempre fosse colocada em primeiro lugar. Sendo assim, criou um discurso que ficou famoso no mundo inteiro e deu origem a essa data tão relevante que nos lembra a importância da paz para a população.

Por que, afinal, o Dia Mundial da Paz foi estabelecido em 1º de janeiro? Essa pergunta pode ser respondida de duas formas. A primeira é a óbvia: é interessante começar um ano e um ciclo com uma mensagem positiva para que, assim, vivamos todos os outros 364 dias de acordo com esses ideais.

A segunda explicação é que, no dia 1º de janeiro, normalmente estamos ao lado de pessoas que amamos. Sejam elas amigos ou familiares, a verdade é que gostamos de iniciar o ano com estilo, ou seja, perto daqueles queremos sempre em nossas vidas. Assim, uma sensação de paz já inunda o nosso coração. Por isso, torna-se mais fácil entender a importância desse estado de espírito para o mundo e, assim, buscá-lo sempre que possível!

Tenha em mente que o Dia Mundial da Paz não é a mesma coisa do que o Dia Internacional da Paz, comemorado em 21 de setembro e estabelecido pela criação da ONU, em 1981.

Embora ambas as datas possuam um tema em comum, elas possuem origens bastante diferentes e são abordadas de maneiras distintas. Enquanto o Dia Internacional da Paz promove diferentes tipos de atividades (tais como shows, caminhadas e exposições de arte), o Dia Mundial da Paz é celebrado de acordo com o tema estabelecido naquele ano.

Mistura perfeita para o bem-estar: sono e paz!

Os temas do Dia Mundial da Paz

Algo muito importante para o Dia Mundial da Paz é o tema que essa data traz consigo.

Escolhido pelo próprio Papa, uma mensagem é escrita em torno desse tema para que seja lido no dia 1º de janeiro. Assim, as celebrações e as atividades realizadas naquele ano serão baseadas nesse assunto.

É comum que o tópico escolhido seja algo que esteja em pauta na sociedade. Problemas que afetam toda a população são abordados nesse momento para que, assim, as pessoas reflitam de maneira mais aprofundada sobre eles.

Em 2019, o tema escolhido foi “A boa política está a serviço da paz”. Por meio desse assunto, o Papa procurou criticar as pessoas que utilizam o seu poder para oprimir outros indivíduos e buscou ressaltar, também, a importância de bons atos que devem ser realizados por toda a sociedade para que, assim, possamos atingir a paz.

O tópico que definirá 2020 ainda não foi divulgado pelo Papa, mas, assim como todos os outros, sabemos que ele terá o objetivo de fazer com que as pessoas reflitam um pouco mais sobre como elas mesmas podem contribuir para a paz mundial.

Essa é, afinal de contas, uma das maiores dúvidas da população, e o Dia Mundial da Paz, por meio dos temas, procura sempre guiá-los nessa jornada!

União das religiões

Muitas pessoas acreditam que o Dia Mundial da Paz é comemorado apenas pelos católicos, já que essa data foi criada por um Papa. Entretanto, em seu próprio discurso, o pontífice afirmou que esse dia deveria abraçar o mundo inteiro, não somente os fiéis de uma religião em específico.

Uma de suas falas, inclusive, deixava a entender que precisamos respeitar todas as diferentes crenças para que, assim, a paz seja alcançada. Por isso, esse dia não possui nenhum tipo de restrição e pode, sim, ser abordada por outras religiões.

É por esse motivo que, nessa data, podemos perceber muitos encontros de pessoas que, independentemente da religião, lutam pela paz e discutem maneiras para que ela possa ser atingida de acordo com o tema estabelecido pelo Papa!

Faça uma simpatia para promover paz em sua vida