Dicas para cumprir as suas promessas de Ano Novo

Reflita comigo: quantas metas você traçou ano passado? Quantas você realmente cumpriu? O resultado foi diferente de 100%? Então isso quer dizer que há algo a melhorar!

A zona de conforto é difícil de abandonar, e não apenas isso, muitas coisas interferem na nossa busca por nossos objetivos: as prioridades mudam, o orçamento muda, pessoas partem, nós procrastinamos, e muitas vezes perdemos de vista aquelas resoluções de Ano-Novo tão desejadas que fizemos na virada. Contudo, o próximo ano será diferente! Tudo o que você precisa fazer é dar uma olhada nas nossas dicas!

• Seja realista

pessoa usando tablet pata fazer anotações

Você quer emagrecer? Ótimo, mas crie uma meta que você possa alcançar, e, uma vez que alcançá-la, crie uma nova meta. Quer mudar de área? Estipule um prazo razoável, uma vez que você sabe que haverá imprevistos no caminho.

• Quanto menos, melhor

Faz parte de ser realista. Não arranje muita areia para o seu caminhãozinho. Quanto menos metas, mais fácil de atingi-las, uma vez que você terá mais tempo para se dedicar.

• Foque num estilo de vida diferente em vez de consertos rápidos

Isso é bastante pessoal, mas em geral não adianta muito procurar um emprego novo todo ano, por exemplo. Você precisa entender a raiz do problema e traçar uma resolução com base nisso! Por que você quer mudar de trabalho todo ano? Não está feliz com a sua área? Existe algo de errado com suas relações interpessoais?

• Foque no que você quer

Mulher sorrindo olhando para o espelho

Pense em uma mudança que será boa para a sua vida. Evite seguir resoluções que os outros fazem por “estar na moda”. Você é um ser único. O que funciona para você pode não funcionar para os outros e vice-versa.

• Não force

Isso pode acontecer quando você está tentando cumprir uma resolução seguindo a onda de outra pessoa ou porque não deseja realmente aquela mudança. Nada bom surge de situações forçadas.

Você também pode gostar:

Se a sua meta não está alinhada aos desejos do seu coração, não há nada de errado em desistir dela – ou nem traçá-la para início de conversa.

• Faça mudanças confortavelmente desconfortáveis

Sim, é difícil sair da zona de conforto, mas você pode sair aos poucos. Se quer mudar sua alimentação, você pode começar mudando uma refeição ao dia. Quando se acostumar, acrescente uma nova e assim por diante.

• Planeje à frente

Mulher usando laptop e um caderno de anotações

É verdade que existem coisas que você não pode prever, mas certas situações sim! Imagine as adversidades que pode encontrar no caminho e planeje-se para elas. Trace os caminhos que poderia seguir ou o que poderia adaptar.

• Faça uma lista de prós e contras

A fim de escolher suas metas de forma mais realista, e também ter um lembrete do porquê você está se esforçando tanto, crie uma lista de prós e contras para cada meta! Quando você perceber que está se desmotivando, leia essa lista de novo e continue em frente.

• Fale sobre isso

Sim, é importante tomar cuidado para quem você conta sua vida a fim de evitar olho gordo, mas você pode muito bem conversar com alguém em quem você confie. Essa pessoa pode te motivar e até dar novas ideias para que você alcance o que deseja.

• Faça um feedback consigo mesmo

Mulher sentada no gramado sorrindo e olhando para cima

De tempos em tempos, faça um feedback consigo mesmo. Avalie aonde chegou, o que conquistou, quais foram os avanços, o que pode melhorar, o que deve continuar a ser feito da mesma forma. Enfim, resoluções de Ano-Novo são como velejar um barco: dificilmente ele se moverá na direção necessária se você não continuar remando.

• Não seja duro consigo mesmo

Evite ser 8 ou 80: o famoso “se não acontecer desse jeito, então não quero mais”. Seja maleável. Orgulhe-se de cada passo. Infelizmente, certas coisas não acontecem de uma hora para outra. Mas dê o seu melhor, dê uma pausa se necessário, orgulhe-se e continue seguindo em frente.

• Presenteie-se

O melhor sempre fica para o final. Se você for do tipo de pessoa que pega pesado consigo mesmo, e se ouvir dizer “bom trabalho” não é o suficiente para te fazer reconhecer os pequenos esforços, tente dar-se pequenos agrados. Coma sua comida favorita, compre-se um presentinho e associe isso às suas vitórias.

Nós sabemos que é difícil sair da zona de conforto, mas tente imaginar o dia em que sua zona de conforto será essa mudança que você está tentando realizar! Mudar, se reinventar, nem sempre é fácil, mas tente manter em mente os motivos que te trouxeram a essa meta e não desista!