Júpiter em Peixes

Eles vivem com a cabeça nas nuvens, são muito sonhadores e muito românticos. Eles são os piscianos, não tem como fingir que são outros, né? Além disso tudo, eles são bastante conhecidos por serem generosos e por terem esperança de um mundo e de uma sociedade melhor, mais colorida e, consequentemente, mais bonita. Esses são apenas alguns dos muitos traços que compõem a personalidade das pessoas que têm Peixes como signo solar e que, portanto, são regidas pelos planetas Netuno e Júpiter e pelo elemento Água.

Saber o seu signo solar é importante porque é ele quem nos dá indicativos de quais são os contornos mais gerais da nossa personalidade, mas são os planetas e a Lua os responsáveis por determinar os traços mais específicos de quem somos, o que contribui imensamente com o nosso processo de autoconhecimento. Se o seu Mapa Astral indicou que você tem Júpiter em Peixes, entenda agora mesmo o que isso significa!

O que Júpiter representa no Mapa Astral?

Imagem do planeta Júpiter visto do espaço.

Antes de entender o que a presença de Júpiter no signo de Peixes significa, é preciso entender, de modo geral, o significado do planeta Júpiter no Mapa Astral, porque cada astro e cada planeta determina o modo como nos comportamos em determinados setores da nossa vida, como explicado na introdução. O Sol, como exemplo, é quem dá a base de quem somos e dos contornos de nossa personalidade, por isso é que usamos o nosso signo solar para dizer de qual signo somos nativos. Júpiter, o maior planeta do nosso Sistema Solar, define como lidamos com o conhecimento e com as ideologias e concepções que temos a respeito do mundo, além de indicar o modo como tudo isso influencia, sobretudo, a nossa vida profissional e os nossos projetos pessoais, sejam quais forem.

Júpiter em Peixes no homem e na mulher

Homem e mulher deitados no chão, sorrindo.

É comum que as pessoas pensem que Júpiter em Peixes afeta homens e mulheres de maneira diferente, mas a verdade é que a influência desse planeta sobre nossa vida independe de sexo e gênero. A mesma influência que o maior planeta do nosso Sistema Solar terá no conjunto de crenças, espiritualidade, planos, sonhos e conhecimento do homem, terá no da mulher. Então não é preciso acreditar que o seu sexo muda alguma coisa no modo como esse planeta te afeta, como é o caso de Vênus e Marte, por exemplo, que mexem com homens e mulheres de maneira ligeiramente diferente.

O que significa Júpiter em Peixes no Mapa Astral?

Enfim, um último esclarecimento: o que significa ter Júpiter no signo de Peixes? Isso significa, em linhas gerais, que, naquele exato momento em que você veio ao mundo, Júpiter transitava o signo de Peixes, então esse signo afeta o modo como você lida com as especificidades definidas pelo maior planeta do nosso Sistema Solar. Se o seu Mapa Astral indicou que você tem Júpiter em Peixes, chegou a hora de entender o que isso diz a respeito da sua personalidade, de como o amor se manifesta em sua vida e de como isso afeta o seu processo de autoconhecimento.

Júpiter em Peixes: características

Retrato de uma mulher de cabelos curtos e chapéu sorrindo.

O equilíbrio e as bases da vida dessa pessoa vêm de uma generosidade muito grande ou de uma espiritualidade acentuada. Essa é uma pessoa que costuma ter muita fé, independentemente do objeto dessa fé, seja um deus ou um ideal de sociedade perfeita. É muito importante, para ela, agarrar-se a esse ideal ou a essa fé espiritual, porque essas são as únicas coisas que fazem com que elas se sintam seguras de si.

Carreiras espirituais ou que permitam que essa pessoa faça o bem diretamente a alguém são ótimas para ela, como pastor, padre, monge ou, longe da espiritualidade, assistente social ou artista. E por aí vai. Como espiritualidade e generosidade são muito importantes na vida dessa pessoa, ela não consegue separar a importância que esses fatores têm de sua profissão, então precisa que todos estejam conectados.

Dependendo da combinação com a posição de outros planetas, esse posicionamento de Júpiter pode fazer com que essa pessoa seja bastante excêntrica: alguém muito racional e que procura lógica em tudo, mas que aceita que algumas coisas não podem ser explicadas por meio da razão. Então, ela tem uma fé muito grande em tudo o que é espiritual e sagrado para ela.

Você também pode gostar:

Essas pessoas têm muita dificuldade de lidar com quem seja materialista e que, consequentemente, esteja sempre falando de dinheiro, de investimentos, de conquistas materiais e tudo o que envolva esse assunto. Essas pessoas procuram beleza na vida, algo além da mesquinharia do dia a dia, então não aceitam muito bem quando são colocadas de frente com pessoas mais materialistas e ligadas a dinheiro.

Algo muito ruim para essa pessoa é ter sua fé minada, ou seja, ir perdendo essa fé pouco a pouco por causa das circunstâncias da vida. Sabe quando a gente está sempre acostumado a acreditar em alguma coisa, até que um dia se dá conta de que já deixou de acreditar nisso, mas continuou mantendo a fé por puro conforto e conveniência? Se isso acontece com essa pessoa, ela pode simplesmente perder o chão e ficar completamente perdida em sua caminhada, então é importante que ela esteja sempre “reforçando a sua fé”, para que não se perca em si mesma.

Júpiter em Peixes no Mapa Astral: amor

Casal de homens com roupas de frio de beijando.

Se você deseja dividir a sua vida com alguém que tenha Júpiter em Peixes, pense nas suas prioridades e nos seus objetivos de vida, para compreender se eles estão alinhados aos dessa pessoa, que tem ojeriza a acumular riqueza e a batalhar para conquistar bens materiais unicamente por status. Eles não estão interessados em um duplex, num carrão de marca ou numa viagem milionária pela Europa. Interessa mais a eles uma trilha em meio à natureza, trabalhar menos (no sentido de ganhar dinheiro e acumular riqueza) e viver mais experiências enriquecedoras na vida. Se é isso o que você pensa para a sua vida também, pode ser que tudo dê certo! Além disso, como essa pessoa tende a ter uma espiritualidade bastante acentuada, talvez seja interessante que vocês tenham crenças iguais ou ao menos parecidas; se isso não for possível, que você ao menos respeite a fé dela, porque ela certamente vai respeitar a sua, já que entende o quanto a espiritualidade é importante na vida de alguém.

Júpiter em Peixes na vida profissional

Mulher sentada em mesa de escritório escrevendo em um caderno.

Esse é aquele tipo de pessoa muito desapegada na vida profissional. Ela não tem o menor interesse de encontrar estabilidade financeira antes dos 30 ou 35, como muitos jovens, nem quer ter um cargo de liderança ou ser dona do seu próprio negócio aos 40 ou 50. Ela está mais interessada em como pode ajudar pessoas, a sociedade e o mundo, em geral, com o seu trabalho. Caso não se sinta conectada com seu emprego nem sinta que ele tem uma influência direta no mundo, ela vai lidar com ele de maneira profissional, mas nada de “vestir a camisa da empresa”, porque ela vai apenas trabalhar para ganhar seu dinheiro e investir nas coisas que realmente ama e nos hobbies que são partes essenciais da sua vida. Caso se encaminhem para a área espiritual, essas pessoas costumam se tornar líderes religiosos realmente muito sábios e que têm muito a contribuir com os fiéis da crença com a qual se identificam.

Os desafios de Júpiter em Peixes

Mulher sentada em frente ao mar, segurando um copo de café.

O maior desafio dessa pessoa é conseguir aliar sua espiritualidade com a “vida real”, porque ela tende a ter muito interesse no estudo da fé e das coisas relacionadas à sua religião ou à sua crença. Por isso, muitas vezes se esquece de que o mundo real existe e, com ele, as relações com as pessoas que amamos e todas as obrigações que a vida impõe sobre nós. Outro desafio importante é abraçar a sua excentricidade, porque se essa pessoa tiver medo do julgamento alheio, não vai conseguir ser ela mesma. Se perceber que tem ideias, costumes e gostos bastante diferentes dos da sociedade em geral, aceite-se o quanto antes e ame-se como é. Por fim, outro desafio é estar sempre reavaliando sua fé, de acordo com as experiências que a vida impõe em nosso caminho, para que não aconteça nenhuma desilusão espiritual. Não seja dogmático nem acredite em ideias inflexíveis. Em vez disso, adapte sua fé e suas crenças no decorrer de sua vida.

Confira também: