Lua Cheia em Aquário — 23 de julho de 2021

Esta semana, o relacionamento entre a Lua e o Sol precisa entrar em um acordo no que diz respeito ao modo como se relacionam, consigo e com as pessoas, a fim de se encontrar um ponto de equilíbrio que torne satisfatório o resultado dos projetos iniciados em fases anteriores.

Com o ingresso da Lua Cheia no signo de Aquário, no dia 23 de julho, às 23h36, percebe-se que a colheita será grande, tendo em vista a germinação de todas as sementes lançadas, sendo necessária a união de todas as forças para a perfeita execução da tarefa.

As energias desse encontro serão sentidas por cada indivíduo, com maior ou menor intensidade, a depender da configuração do Mapa Astral de cada pessoa. Quanto mais a Carta Natal se aproximar do trânsito celeste, maior será a sensibilidade de cada um.

A Lua no signo de Aquário pode parecer um pouco paradoxal, uma vez que esse astro simboliza o desenvolvimento das bases emocionais para garantir a qualidade afetiva dos relacionamentos familiares, e o signo de Aquário, por outro lado, forja suas bases afetivas para manter os relacionamentos sociais, preocupando-se com as causas coletivas.

Mãos brancas pintadas de vermelho formando um coração.

Entretanto a estabilidade afetiva do nascido com Lua em Aquário encontra tranquilidade quando pratica a solidariedade, buscando na solução dos problemas humanitários uma forma de cooperação e integração com o todo.

Quem tem a Lua em Aquário sente-se tocado pelas injustiças e desigualdades entre as pessoas e tenta renovar as estruturas vigentes com ideias revolucionárias, seja por meio da cordialidade, seja pela rebeldia.

Talvez seja por isso que o significado do grafismo do signo represente tão bem as qualidades aquarianas, em que ondas sincronizadas representam a vibração conjunta entre o homem e a humanidade.

Além disso, ele é regido pelo excêntrico planeta Urano, que, devido à posição de seu eixo de rotação, movimenta-se como se estivesse girando de lado, nada parecido com o deslocamento dos outros planetas.

A energia aquariana nos faz sentir a necessidade de ir além das convencionalidades socias, buscando inovações no ambiente de trabalho, nas relações familiares, na forma como lidamos com o meio ambiente. É um signo libertário e criativo, com um olhar bem à frente de seu tempo.

No entanto, seu sentimento de liberdade não é inconsequente. Entende que, para tudo na vida, há um limite, principalmente quando o direito de liberdade individual esbarra no direto do outro. Esse é o legado das energias de seu outro planeta regente – Saturno –, que, com suas mãos pesadas, nos ensina o valor da responsabilidade de nossas ações.

No amor, o nascido com a Lua em Aquário também preza seu espaço, livre das pressões emocionais e dos dramas que costumam ser peculiares aos romances. Quanto mais liberdade experimenta em um relacionamento, mais chances ele tem de se tornar estável, sólido e longevo.

Contudo seu desejo por liberdade e sua excentricidade, bem como sua preocupação com os problemas sociais, tornam-no distante dos problemas triviais do cotidiano. Demonstra grande habilidade em ajudar ao próximo, sabedoria esta que vai na contramão quando lida com seus próprios problemas pessoais.

As energias lunares da semana se relacionarão de forma tensa com as vibrações solares, uma vez que a Lua faz uma oposição com o Sol no signo oposto complementar de Aquário, Leão. Nesse caso, é necessário negociar valores, oferecendo uma mediação justa na solução dos problemas que afetam a coletividade, não desconsiderando a solução daqueles que dizem respeito ao indivíduo.

O Sol no signo de Leão motiva os nativos a agirem com extrema autoconfiança e a exercerem forte magnetismo nas pessoas, tornando-se o centro das atenções de todos ao seu redor. Conhecem tanto seu poder catalizador que chegam a impor suas vontades, exigindo de amigos e parceiros íntimos atenção para si.

Você também pode gostar:

Os nativos desse signo têm uma energia tão luminosa e positiva e demonstram tanta alegria e alto potencial criativo que acabam fascinando as pessoas. Por outro lado, não sabem lidar bem com as eventuais críticas, interpretando-as como uma verdadeira afronta. Sendo assim, sua dependência por elogios deflagra seu lado sombrio de excessiva autoexigência.

Contudo, assim como a autoexigência pode render bons frutos, como a forte determinação diante dos desafios e pressões da vida, ela pode também castrar a criatividade individual, tamanha a preocupação com a desaprovação.

Outrossim esse comportamento pode inibir a criatividade e a coragem do nativo de Leão, qualidades tão peculiares a esse signo, fazendo com que esse nobre rei das selvas se sinta dependente da aprovação da corte.

As energias sentidas pela relação tensa que a Lua exerce sobre o Sol indicam que é necessário realizar profundas transformações no modo de olhar para a pluralidade da coletividade e aceitar os diferentes modos de pensar, quebrando os comportamentos controladores.

Close em rosto de homem branco de barba escura e expressão serena.

Um bom e generoso rei só exerce um bom reinado quando conhece bem cada um de seus súditos, saindo do seu trono e misturando-se entre seu povo para ouvir suas necessidades, desejos e aspirações.

Sendo assim, encontrar o meio-termo e tentar mediar os interesses individuais com os interesses coletivos será um grande desafio para este momento, porém é a solução para muitos desentendimentos que podem, porventura, surgir tanto nos relacionamentos íntimos como nos sociais.

Aprender a lidar com as diferenças, estar atento às necessidades alheias e colocar em prática a criatividade será uma forma de direcionar as energias a fim de buscar sucesso nos empreendimentos profissionais, principalmente devido às profundas transformações que o planeta Plutão tem promovido nas relações econômicas e trabalhistas mundiais.