Os mitos de Sagitário

A mitologia e a astrologia têm mais em comum do que você imagina, provavelmente. Os mitos da história grega casam perfeitamente com as características mais fortes de cada um dos doze signos do nosso zodíaco. Neste artigo falaremos mais do mito de sagitário. Confira!

Os deuses regentes de cada signo

O mito do signo de Sagitário é Quiron, um centauro (figura metade homem e metade cavalo) que vivia no meio da floresta com sua tribo, sendo para eles uma espécie de rei. Ele era conhecido por ser muito inteligente, ter grande conhecimento sobre o comportamento humano e também sobre a natureza. Como fraqueza tinha uma porção selvagem e nada racional. Era o mais sábio da floresta quando o assunto era criar remédios naturais e poções de cura para qualquer tipo de ferimento ou machucado que encontrassem.

Porém, em um dia qualquer Quiron foi ferido por uma flecha envenenada, mas em vez de morrer, por conta de sua sabedoria, recebeu dos deuses gregos o dom da imortalidade. Ele não morreu mas viveu ferido pela eternidade, precisando aprender a lidar com esta dor. Dessa forma, representa aquele que é sábio, tem conhecimento, mas, mesmo assim, precisa conviver com a dor. Apesar de saber como curar aos outros, não é capaz de fazer o mesmo para si mesmo, e mesmo assim precisou aprender a permanecer positivo e com boas energias.

 Os mitos dos signos

Assim como o mito de Quiron, sagitarianos também são aqueles que têm grandes respostas para a dor dos outros mas não são capazes de aplicar na própria vida. A grande dificuldade de um sagitariano sempre será tomar as rédeas de sua própria vida e, por isso, muitos vivem em negação. O bom humor e as piadas constantes podem inclusive ser sinal de que precisam esconder algo mais profundo e não querem adentrar sua alma por não saber lidar com isso. Sagitarianos são curiosos, sagazes, extremamente intuitivos e buscam por novidades durante toda a sua vida. Um dia sem algum estímulo novo para um sagitariano pode se tornar um profundo tédio.

Aventureiros, com grande interesse por assuntos esotéricos e mitológicos, os sagitarianos vivem em busca de novos estímulos. Logo, não são as pessoas mais indicadas para se ter total confiança de estabilidade. Se gosta de um sagitariano é preciso deixá-lo livre. Não estranhe se mesmo com muita coisa ruim o sagitariano se mantiver otimista e positivo sobre o futuro, pois esta é a sua natureza mais primitiva.


Esse artigo foi produzido por Roberta Lopes Sturk da Equipe Horóscopo Virtual.