Você evita o amor?

Ah, o amor! Só de falar esta palavra, já lembramos do friozinho na barriga e daquela história que nos faz sentir borboletas no estômago...

Algumas pessoas são mais rápidas e certeiras, sabem bem o que querem e sempre se permitem sentir tudo ao máximo, ignorando qualquer medo que possa travar um relacionamento. Já outras pessoas.... sentem medo de se entregar, de se machucar e acabam sempre dizendo um grande "não" para si mesmas e para o amor que chega.

Essa "trava" de algumas pessoas é muito compreensível, pois alguns relacionamentos findam e nos deixam alguns resquícios. Quando conseguimos resolvê-los, maravilha, bola pra frente! Tudo é aprendizado. Mas quando resta alguma questão mal resolvida, fica mais difícil de permitir que certos sentimentos façam parte de nós novamente. Lidar com situações e sentimentos não digeridos é complicado, mas o primeiro passo para administrá-los é identificar cada coisinha que ficou para trás.

Você já conheceu alguém que mexeu muito com o seu coração, te balançou mesmo, mas que não deu em nada porque você não conseguiu se entregar? Isso acontece porque ignoramos o que nos incomoda; achar que não deu certo porque simplesmente não deu é a opção mais simples e requer menos questionamentos internos. A maioria das pessoas prefere os caminhos mais curtos e mais simples, mas essa falta de resolução e de entendimento pode resultar na grande dificuldade de se relacionar. É quase impossível ter uma relação saudável com alguém quando não definimos o que queremos e o que sentimos, por isso, você precisa se conhecer melhor! Analise as situações e pense muito em tudo que você já viveu e que ainda quer viver.

Fizemos um teste para te ajudar a descobrir se você evita o amor! Faça sem medo e procure entender o que acontece aí dentro do seu peito e da sua mente!