Xangô Aganju: história e curiosidades do Orixá

Os orixás são entidades extremamente importantes para as religiões que têm origem africana. Na umbanda, por exemplo, esses seres são retratados com muito respeito e também com muita adoração. Eles representam diferentes tipos de ideais e possuem ligação direta com a natureza, que é de onde extraem todo o seu poder, sendo capazes até mesmo de controlar certos aspectos, tais como a chuva e o vento.

Por causa disso, os orixás comumente recebem oferendas e são citados no dia a dia de todos os seguidores dessa doutrina. Eles possuem características diferentes e acabam representando elementos diferentes, por isso seu nível de importância para cada pessoa pode se modificar.

Os indivíduos que se identificam mais com certos aspectos de um orixá irão tê-lo como mais importante em sua vida, mas isso não quer dizer que todos os outros fiéis compartilharão a sua visão. Além disso, é possível que essa adoração se modifique ao longo do tempo, dependendo dos acontecimentos de sua vida.

Nesse momento, não estamos levando em consideração, é claro, o fato de que os seguidores da umbanda são “adotados” por diferentes orixás. Assim, eles são considerados filhos de uma entidade específica, algo que influencia fortemente o rumo de suas vidas.

O Horóscopo Virtual procura sempre abordar diferentes tipos de temas e religiões. Por isso decidimos criar artigos especiais sobre a umbanda. Neste aqui, conheceremos um pouco mais sobre Xangô Aganju. Confira!

A história e origem de Xangô Aganju

Xangô Aganju

Com um imenso senso de justiça, Xangô Aganju é uma entidade que preza muito aquilo que é certo. Sendo assim, acabou ficando conhecido por todos os fiéis e seguidores da umbanda por proteger aqueles que pedem a sua ajuda e punir todos aqueles que fazem mal a outra pessoa. Ele é adepto, portanto, da lei de causa e efeito, que basicamente diz que você colhe aquilo que planta.

Essa sua característica tão marcante, contudo, também possui ligação com um fato muito curioso de sua história. Houve um momento de guerra em que o exército liderado pelo orixá estava não somente perdendo a batalha, mas também sendo massacrado. Eles eram executados sem nenhum tipo de piedade, tendo os seus corpos destroçados, tudo em nome do poder do inimigo.

Diante dessa situação, Xangô Aganju procurava encontrar uma maneira de impedir que os seus soldados fossem massacrados daquela forma. Frustrado ao não conseguir chegar a uma solução, a entidade bateu o seu martelo em uma pedra. Esse simples ato gerou faíscas muito fortes.

Assim, o orixá passou a repetir esse gesto de maneira cada vez mais forte. Sempre que ele batia seu martelo em uma pedra, faíscas eram geradas e seus inimigos eram atingidos. Isso fez com que seu exército recuperasse a força e, assim, saísse vencedor daquela batalha.

Mesmo depois de tudo o que aconteceu, contudo, Xangô Aganju se recusou a destruir os seus opositores. Ele não podia, afinal de contas, se igualar ao nível deles, e sua ira não podia passar por cima do seu senso de justiça. Sendo assim, foi misericordioso, destruindo somente os líderes e, dessa forma, liberando os soldados, que passaram a segui-lo.

O significado de Xangô Aganju

Xangô Aganju

É interessante obter informações como o significado do nome de um orixá, porque, por meio desses dados, somos capazes de entender um pouco mais sobre a sua personalidade e o seu objetivo.

Xangô Aganju, por exemplo, significa “terra firme”. Esse título faz referência não somente à sua forte conexão com a natureza e com os vulcões, mas também com o seu modo de agir: ele procura sempre a justiça e não descansa até encontrá-la. Extremamente rigoroso, destemido e decidido, ele não volta atrás e não se deixa abalar por lamúrias. Ele faz aquilo que é certo, doa a quem doer.

A importância de Xangô Aganju

Dentro da umbanda, Xangô Aganju é um entidade extremamente importante, procurada e, é claro, conhecida. Isso porque ele é o responsável por garantir que a justiça seja feita e que todas as pessoas recebam aquilo que merecem.

Altamente procurado por seguidores da doutrina que procuram ser protegidos de todo o mal, o orixá não hesita em defender todos aqueles que são, de alguma forma, oprimidos, punindo todo e qualquer tipo de injustiça. Isso inclui não somente seres humanos, mas também animais e até mesmo plantas e árvores, afinal ele é um amante da natureza.

E não é só isso! Essa entidade, ao nos proteger do mal e procurar sempre a justiça, também oferece muita força, saúde e vitalidade para aqueles que buscam o seu auxílio. Assim, seus fiéis se sentem mais fortes para superar dificuldades.

Também considerado o padroeiro dos intelectuais, Xangô Aganju preza bastante a harmonia, por isso ilumina as pessoas de forma que elas sejam capazes de garantir a fluidez de suas relações interpessoais e de seus trabalhos.

A influência de Xangô Aganju na vida de seus seguidores

Xangô Aganju

As pessoas que seguem e cultuam Xangô Aganju podem ficar tranquilas, porque elas sempre receberão exatamente aquilo que merecem. Caso sejam enganadas ou injustiçadas por alguém, logo conseguirão que a verdade venha à tona.

Esse orixá, afinal de contas, é aquele que não suporta nem tolera qualquer tipo de desigualdade. Por esse motivo, procura punir os indivíduos que seguem esse caminho e proteger os seus seguidores, que, de alguma forma, são vítimas dessa maldade.

Além disso, essa entidade também é extremamente forte. Sendo assim, oferece e proporciona a resiliência que seus seguidores merecem e precisam para alcançar o sucesso em suas vidas.

Oferenda para Xangô Aganju

Xangô Aganju

Para agradar Xangô Aganju, muitas pessoas preparam uma oferenda muito especial para essa entidade, que ficou conhecida como Amalá de Xangô. Para preparar esse prato, você precisará dos seguintes ingredientes: 12 quiabos, 1 litro de mel, azeite de dendê, água, carne de peito, camarão seco e cebola.

Depois de reunir todos esses itens, você deve seguir os passos de seu preparo com muita atenção. Primeiro, irá cortar os quiabos em pedaços pequeninos. Depois, irá temperá-lo com cebola ralada e azeite de dendê, para, enfim, juntar essa mistura ao camarão seco.

Por fim, irá misturar esse produto à carne de peito, que deverá ter sido cozida e cortada em pedaços previamente.

Embora estejamos tratando de uma receita relativamente simples, é importante ter o auxílio de alguém experiente na umbanda, porque assim você garante que tudo será feito de maneira a agradar Xangô Aganju.

Oração a Xangô Aganju

Xangô Aganju

Para pedir proteção e misericórdia a Xangô Aganju, muitas pessoas recorrem a uma oração bastante popular, que foi criada especialmente para essa entidade. Confira:

“Kaô, meu pai, Kaô

O senhor que é o rei da justiça,

Faça valer por intermédio de seus doze ministros,

A vontade divina, para que os olhos de meus inimigos não me encontrem.

Empresta-me sua força de guerreiro,

Purifique minha alma na cachoeira.

Se errei, conceda-me a luz do perdão.

Faça de seu peito largo e forte meu escudo,

Para combater a injustiça e a cobiça.

Minha devoção ofereço.

Que seja feita a justiça para todo o sempre.

É meu pai e meu defensor,

Conceda-me a graça de receber sua luz

E de receber sua proteção.

Kaô meu pai Xangô, Kaô.”

Curiosidades de Xangô Aganju

Xangô Aganju

Essa entidade é fortemente associada à cor marrom. Isso se deve não somente ao seu amor pela natureza, mas também por ter produzido tantas faíscas em suas batalhas.

Seu nome, que significa “terra firme”, indica que esse orixá nunca se deixa abalar e sempre procura a justiça, não tolerando qualquer tipo de maldade.

Por fim, Xangô Aganju possui um dia dedicado a ele no calendário umbandista: 30 de setembro. Nessa data, é comum que oferendas e festas sejam realizadas em sua homenagem, tais como orações especiais e marcantes.

Leia também:

Equipe Horóscopo Virtual