O significado numérico do Tarot

Os números são muito importantes. Para Pitágoras, o mundo é disposto por números e tudo pode ser explicado por meio deles. E quando finalmente entendemos o significado e a importância de cada número, conseguimos viver de forma mais equilibrada.

O Tarot é um jogo composto de 48 cartas que traduz, por meio de suas imagens, conselhos à pessoa que pediu o jogo das cartas, que são sorteadas aleatoriamente. Para o Tarot, o significado dos números é muito importante, porque eles estão diretamente ligados com o que as cartas representam.

Até porque, vale dizer, muitos dos significados que cada carta do Tarot possui vieram da própria numerologia e de seus estudos. Por isso, uma coisa está ligada à outra. Mas qual é o significado de cada número, especificamente? Veja abaixo!

Zero: O zero é o número do início e do final (porque, de qualquer maneira, todo processo na vida começa em nada e, assim que é finalizado, volta ao nada). É o número que representa, portanto, o início ou o fim de alguma coisa. A carta do Louco é a que representa o número zero.

Um: O número um representa inícios, recomeços, criatividade, individualidade. Representa a luz e o calor. O número um é representado pela primeira carta da sequência da tiragem. Ou seja, a carta que estiver em primeiro, da esquerda para a direita na sequência, deve ter sua representação associada, assim como seus próprios significados, à simbologia do número um.

Dois: O dois é o número da dualidade. É o número que demonstra o pensar em você e no outro, na união de duas pessoas. Também pode representar os opostos e seus conflitos. A carta do número dois é a Sacerdotisa.

Três: O número três representa a tríade ou a trindade, que tem significado importante. O número três pode ser relacionado à Imperatriz (03), no que diz respeito à representação das genitálias (tanto masculina, por causa da divisão em três partes, quanto a feminina, por conta da formação do triângulo) e, com isso, fertilidade e filhos. Também pode significar o Pendurado (12), no que diz respeito à sabedoria, e o Mundo (21), que representa ansiedade e agilidade.

Quatro: o quatro é o número do mundo material e das formas. É o número da ordem, do poder e da família. O Imperador, arcano de número 04, e a Morte (13) representam esse número. O Imperador representa o poder e a ordem familiar.

Cinco: o número cinco é relacionado aos cinco principais sentidos humanos, ao pentagrama e ao pentágono. O Hierofante (05) possui relação com o número, representando boa relação com pessoas de diferentes interesses que geram conflitos. Do outro lado da moeda, o arcano 14 também se relaciona com o número cinco, porém na faceta de reconciliar e unir opostos. O cinco é aquele ponto do círculo no qual tudo volta a se encontrar, por isso representa a união.

Seis: por estar diretamente conectado com o número dois e com o número três, o seis carrega um pouco de cada um deles, representando harmonia, cooperação, criatividade e criação. Mas não é só isso! O número seis é representado pelo arcano 06, Os Amantes (decisões e consequências de seus atos), e pelo arcano 15, o Diabo (escolhas feitas apenas para satisfazer seu ego e seu prazer pessoal).

Sete: o número sete é ligado ao lado espiritual e introspectivo. É realmente não se importar com o social e fazer uma busca maior pela descoberta do seu eu interior. O Carro, arcano 07, representa justamente essa mudança de vontade, momento em que você deixa para trás tudo aquilo que não te completa e segue em busca de algo mais profundo. Já o arcano 16, a Torre, representa a destruição de tudo aquilo que você não considera certo.

Oito: o oito é um número que representa o poder e, assim como o número quatro, a justiça e o correto no mundo. A Justiça (8) representa a organização e, literalmente, a justiça em seus atos e crenças. A Estrela (17) também representa o número oito, simbolizando luz mesmo nos momentos mais obscuros da vida. Ou seja, quando ver essa carta, significa que há solução para o seu problema ou angústia.

Nove: o nove é o último número unitário, ou seja, último número único da série. Representa, portanto, o final de um ciclo. É representado pelo Eremita (9) e pela Lua (18), que representa a escuridão, o final, a noite depois do dia claro. Porém isso não deve ser olhado apenas em sua forma negativa, afinal, é mais uma chance de começar algo novo.

As relações numéricas de cada carta do baralho do Tarot trazem a nós significados muito mais profundos do que cada uma delas significa ou pode significar quando aparecem para quem as está jogando.


Artigo escrito por Giovanna Frugis da Equipe Horóscopo Virtual.