Você se coloca como segunda opção?

Você sabe se colocar em primeiro lugar? Quem ou o que é a maior prioridade da sua vida? Ou será que sua resposta depende da situação?

Saber se colocar em primeiro ou segundo lugar remete a muitos conceitos polêmicos: egoísmo, humildade, empatia e amor próprio.

Se os seus amigos vão ir ao cinema, mas você quer ir ao parque: seguir o seu próprio caminho é egoísmo? Decidir ir ao cinema é sinal de humildade e empatia? Ou será falta de amor próprio?

Mulher olhando para baixo com cabelo em seu rosto

Lidar com a vontade e opinião alheia pode ser um desafio para muitos. Tanto por ser difícil abrir mão de algo que queremos quanto por nos sentirmos mal em magoar alguém. Mas, a verdade é que nem tudo é oito ou oitenta. O segredo está em encontrar a situação de risco: suas escolhas recentes têm te deixado como segunda opção frequentemente? O outro tem sido sua prioridade quanto você poderia muito bem se dar ao luxo de ter um tempo só para você? Por exemplo, será que ter cozinhado naquele sábado à noite como faz todos os dias era realmente necessário? Será que você não poderia ter se mimado um pouco: ter saído para comer ou talvez ter pedido um delivery?

Será que na última vez que você estava triste você tentou esconder o que sentia a fim de não preocupar ou estragar a felicidade alheia?

No fim, não há nada de errado em saber se colocar no lugar do outro, e o desejo de manter a paz é completamente humano. Mas, às vezes uma dose de egoísmo e amor próprio vem a calhar! Todos tentamos ser fortes a todo o momento, muitos tentam alcançar a perfeição constantemente, contudo nós somos seres falhos. Da mesma forma que perdoamos os outros quando nos magoam, precisamos aprender a perdoar a nós mesmos, e na tentativa de tanto achar tempo para o outro, deveríamos encontrar tempo para nós mesmos, e investir em nosso bem estar!

Você com certeza já deve ter notado que somos ótimos para julgar a vida alheia, mas somos completamente cegos quando o assunto é a nossa própria vida. Dessa forma, nós montamos esse teste para ajudá-lo a identificar se você tem respeitado seus limites ou se simplesmente tem se colocado como segunda opção. Curioso? Faça o teste agora mesmo!