A música de Caetano Veloso de cada signo

Nascido em 7 de agosto de 1942, em Santo Amaro, na Bahia, filho de Dona Canô e irmão de Maria Bethânia, o icônico Caetano Veloso é, provavelmente, o mais conhecido e bem-sucedido artista da música popular brasileira. Desde a década de 1960, Caetano compõe sucessos que são parte indissociável do imaginário popular brasileiro, como “A luz de Tieta”, “Alegria, alegria”, “Baby” e “O quereres”.

Considerado, além de grande músico, um dos maiores intelectuais e poetas brasileiros, Caetano tem centenas de canções; é impossível ter contato com sua obra e não se identificar com pelo menos uma delas. Para ajudar você a navegar nos bravios mares da música de Caetano Veloso, separamos a música desse artista baiano que mais combina com cada nativo do Zodíaco para que você explore cada pedacinho da personalidade do seu signo. Confira:

Áries — “Não me arrependo”

“Eu não me arrependo de você

Cê não me devia maldizer assim

Vi você crescer

Fiz você crescer

Vi cê me fazer crescer também

Pra além de mim...”

Imprudentes e impulsivos, os arianos fazem primeiro e pensam sobre o que fizeram somente depois. Quando se apaixonam, por exemplo, eles se preocupam muito pouco se estão fazendo a coisa certa, porque apenas curtem a pessoa amada sem arrependimento nenhum.

Encante-se com o trecho de música nacional que representa cada signo!

E é isso que Caetano coloca na letra dessa canção: não há arrependimentos por ter se envolvido com alguém amado, independentemente de como foi o fim, porque o importante foi que cresceram juntos.

Touro — “O quereres”

“Onde queres revólver, sou coqueiro

E onde queres dinheiro, sou paixão

Onde queres descanso, sou desejo

E onde sou só desejo, queres não

E onde não queres nada, nada falta

E onde voas bem alto, eu sou o chão

E onde pisas o chão, minha alma salta

E ganha liberdade na amplidão”

Eles são conhecidos como teimosos e como os nativos mais “do contra” do Zodíaco, então não há canção que retrate de maneira mais perfeita os taurinos do que “O quereres”, que relata os desencontros sentimentais de um possível casal, já que quando um é alguma coisa, o outro é o oposto a isso. É também uma canção bastante sensual e que fala sobre como, apesar das diferenças, esse casal se pertence e está envolvido. Esse envolvimento profundo é algo que encanta os nativos de Touro, que são bastante apaixonados e até mesmo ciumentos com as pessoas amadas.

Gêmeos — “Trem das cores”

“A franja da encosta cor de laranja, capim rosa-chá

O mel desses olhos luz, mel de cor ímpar

O ouro ainda não bem verde da serra, a prata do trem

A Lua e a estrela, anel de turquesa”

Os geminianos são os nativos mais imprevisíveis do Zodíaco. E isso acontece especialmente por causa de uma coisa: eles amam aventuras e adoram explorar todas as possibilidades possíveis e os mínimos detalhes delas.

Isso é muito bem explorado por Caetano nessa canção, que relata algo como uma viagem de trem em que o compositor vai descrevendo todas as cores, pensamentos e sentimentos que experimenta ao longo dessa viagem, algo que os nativos de Gêmeos adoram fazer.

Câncer — “Baby”

“Você precisa

Tomar um sorvete

Na lanchonete

Andar com gente

Me ver de perto

Ouvir aquela canção

Do Roberto

Baby, baby

Há quanto tempo

Baby, baby

Há quanto tempo”

Essa que é uma das canções mais conhecidas de Caetano e da música popular brasileira, gravada por Tim Maia, Os Mutantes e tantos outros artistas, mostra um diálogo que é como um matar de saudade, um reencontro após um tempo afastado. Os cancerianos são bastante emotivos e sensíveis, então valorizam muito suas relações.

Estar distante das pessoas amadas é uma tortura para eles, então quando há o reencontro, é essa coisa bonita e sensível tão bem descrita por Caetano.

Leão — “Leãozinho”

“Um filhote de leão, raio da manhã

Arrastando o meu olhar como um ímã

O meu coração é o Sol, pai de toda cor

Quando ele lhe doura a pele ao léu”

É, não dá pra fazer outra associação que não seja essa, né? E, olha, não é só por causa do nome da música, não! O personagem descrito por Caetano na canção tem tudo a ver com um leonino, porque é alguém que chama atenção, que arrasta o olhar “como um ímã”. E sabemos que não tem pessoa que mais desperte olhares e desejos por aí do que os chamativos nativos de Leão, não é? Além disso, eles amam ser notados, então quando são comparados a um leãozinho, ou seja, o filhote do animal mais poderoso de todos, isso os envaidece bastante. Essa canção tem tudo a ver com eles.

Virgem — “Oração ao tempo”

“Ainda assim acredito

Ser possível reunirmo-nos

Tempo, tempo, tempo, tempo

Num outro nível de vínculo

Tempo, tempo, tempo, tempo”

Virginianos são pessoas muito metódicas e que se planejam muito bem para que possam alcançar todos os sonhos e metas que impõem a si mesmos.

Entenda como a música pode elevar o seu astral: eleve suas energias!

Por isso é que muitos deles costumam ser ansiosos e preocupados com o passar do tempo — ou ele passa rapidamente demais, lentamente demais. Nessa canção, Caetano tenta entrar em um acordo com o tempo, para que ele corra mais de acordo com a vontade do compositor. É, esse seria o sonho do nativo de Virgem...

Libra — “Sorte”

“Tudo de bom que você me fizer

Faz minha rima ficar mais rara

O que você faz me ajuda a cantar

Põe um sorriso na minha cara

Meu amor, você me dá sorte

Meu amor!

Você me dá sorte, meu amor!

Você me dá sorte na vida!”

Equilíbrio e harmonia são palavras de ordem na vida dos librianos, que precisam estar sempre contrabalanceando o peso do mundo e suas angústias e tristezas com a felicidade e a leveza. São coisas que a gente geralmente encontra no amor das pessoas queridas, sejam elas parceiras afetivas, amigos ou familiares.

Quando têm a sorte de encontrar alguém que traz esses sentimentos positivos e essa leveza, os nativos de Libra se sentem quase que no céu!

Escorpião — “Tigresa”

“Uma tigresa de unhas negras e íris cor de mel

Uma mulher, uma beleza que me aconteceu

Esfregando a pele de ouro marrom do seu corpo contra o meu

Me falou que o mal é bom, e o bem, cruel”

Lascívia e libido são duas palavras essenciais no vocabulário de todos os escorpianos, que conduzem suas vidas ao redor de sensualidade, romantismo e sexualidade. Nessa primeira estrofe de “Tigresa”, Caetano descreve toda a sensualidade de uma mulher que bem poderia ser escorpiana. Ou quem está descrevendo com tanta vontade assim é escorpiano? Vai saber... O que importa é que os escorpianos se apaixonam facilmente pela ideia da sedução, então essa canção tem tudo a ver com eles.

Sagitário — “Odara”

“Deixa eu dançar pro meu corpo ficar odara

Minha cara minha cuca ficar odara

Deixa eu cantar que é pro mundo ficar odara

Pra ficar tudo joia rara

Qualquer coisa que se sonhara

Canto e danço que dará”

Conhecidos com os dançarinos do Zodíaco, os sagitarianos são bem-humorados, sorridentes e festivos, sempre buscando uma forma de se divertir mais e mais, especialmente se for na companhia de pessoas queridas. Odara, nas religiões de matriz africana, representa o todo. Caetano canta que, quando dança, é como se acabasse se integrando ao todo, o que é uma ideia que tem tudo a ver com o sagitariano, que, quando manifesta sua alegria, sente que está realmente vivo.

Capricórnio — “Força estranha”

“Por isso uma força me leva a cantar

Por isso essa força estranha

Por isso é que eu canto, não posso parar

Por isso essa voz tamanha”

Os capricornianos, bastante tímidos e fechados, mas muito determinados e focados em seus sonhos, objetivos e metas, obviamente são movidos nessa vida por uma força estranha que nunca os deixa parar.

Representatividade no Zodíaco: conheça os signos dos cantores LGBTQIA+!

Essa canção de Caetano mostra que, muitas vezes, não fazemos algo por escolha, mas porque somos levados a isso por algo mais forte que nós e inexplicável. E é assim que acontece com os nativos de Capricórnio, que buscam o que desejam de maneira implacável, muitas vezes sem saber o porquê, mas tendo certeza de que essa é a coisa certa a ser feita.

Aquário — “Alegria, alegria”

“Caminhando contra o vento

Sem lenço e sem documento

No Sol de quase dezembro

Eu vou”

Tem espírito mais livre no Zodíaco do que o do aquariano? Não, né? Os aquarianos amam a liberdade e a oportunidade de explorar todas as possibilidades e de não dever nada a ninguém. Então têm a liberdade de sair por aí sem lenço e sem documento, sem dar satisfação a quem quer que seja. Com essa canção de Caetano, os aquarianos se sentem contemplados por esse sentimento de liberdade que é uma das coisas que mais o definem. Ao longo da música, Caetano vai descrevendo diversas cenas, outra característica dos nativos de Aquário, que querem ver tudo, o mundo todo.

Peixes — “Cajuína”

“Existirmos: a que será que se destina?

Pois quando tu me deste a rosa pequenina

Vi que és um homem lindo e que se acaso a sina

Do menino infeliz não se nos ilumina

Tampouco turva-se a lágrima nordestina”

O sonhador pisciano está sempre refletindo e tendo pensamentos metafísicos a respeito do sentido da vida em seu cotidiano. E esses pensamentos e sentimentos surgem especialmente quando ele se detém em algum detalhe que passaria batido por outras pessoas, como uma flor ou uma cor. Essa música tem tudo a ver com o pisciano porque ela, já em seu primeiro verso, questiona o próprio sentido da vida. E a reflexão é feita a partir de uma rosa que Caetano recebeu de alguém.

E aí, o que você achou da música do Caetano que tem tudo a ver com o seu signo? Se você é fã do cantor, conseguiria apontar pelo menos mais uma ou duas canções que combinam perfeitamente com cada nativo, tamanha a diversidade da obra dele. Independentemente de qual música combina com cada signo, que tal colocar todas essas canções numa playlist e curtir um pouquinho do melhor que a Bahia e a música popular brasileira tem a oferecer?